Vai reformar seu apartamento?
3 de julho de 2017
Escolhendo a caixa d’água
3 de julho de 2017

Projeto de iluminação

1) Primeiramente, como um projeto de iluminação pode ser utilizado para embelezar ainda mais o ambiente? O que deve ser privilegiado?

Um projeto luminotécnico bem elaborado traz sofisticação e requinte ao ambiente. Luzes diretas ou indiretas mostram detalhes que até então, passariam despercebidos. É extremamente importante a contratação de um profissional qualificado nesta área para a elaboração do projeto. A quantidade de luzes, estilos e designers de peças faz toda a diferença na concretização do projeto. Neste caso, o arquiteto não visa somente os detalhes das peças, é sim um conjunto. O designer, o tipo de lâmpadas que serão usadas, a incidência, o perfil do usuário, todo este conjunto são pensados para satisfação e melhor acomodação do cliente. Sem duvida alguma, o que deve ser privilegiado em um projeto, é quem faz uso do local de forma que nem uma peça traga desconforto, seja pela luz, claridade ou calor que algumas delas proporcionam.

2) Além da estética, o que deve ser levado em consideração?

Muita luz ou até mesmo a falta dela pode influenciar até na hora de dormir.  Em um quarto de bebê, por exemplo, dependendo da iluminação, ela pode atrapalhar a percepção deles, confundindo dia com a noite. Neste caso, precisamos nos atentar para que uma luz acesa durante o dia ou até mesmo a noite não confunda o bebê que por sua vez não difere estes dois períodos. Em alguns pontos, usamos uma meia luz, para melhor troca-los ou amamenta-los durante a noite, sem acender a principal que teria uma incidência maior, para que não os incomodamos. Luzes mais fracas e não quentes, são consideráveis neste caso. Mas na hora de dormir, tudo tem que ser desligado.

3) Há um tipo de lâmpada ideal para usar no banheiro, outro para o quarto, outro para a sala e cozinha? Por quê? Quais as mais recomendadas para cada ambiente?

O importante é que ela seja funcional.  Cozinha, Lavanderia e banheiros o ideal é usar peças que aceitam lâmpadas fluorescentes. Já para salas, quartos podem usar a iluminação indireta, e que acendam por partes, criando cenas. Em cada ocasião usamos um tipo de iluminação, variando com mais ou menos claridade. Podemos usar as incandescentes halógenas que são boas, mas se conseguirmos investir um pouco mais podemos optar pelas LEDs que são mais econômicas e com uma durabilidade muito maior. O uso de sancas com iluminações indiretas são indispensáveis.

4) Spots, luz indireta e luz neon podem contemplar quais ambientes?

Não existe de fato uma regra pra isso. Podemos usar estes elementos em todos os ambientes, desde que saibamos a funcionalidade de cada um. Onde é pra que serão colocados em determinados lugares no ambiente.

5) Quais os tipos de lâmpadas mais econômicas?

As LEDs, embora ainda tenha um custo maior elas são mais econômicas. São lâmpadas mais duráveis e de baixo consumo. Procure sempre usar lâmpadas resistentes.

6) É possível ter um lindo projeto de iluminação e, ainda, econômico? De que maneira?

Não é certo você construir uma bela casa e deixar a desejar na hora de ilumina-la. É possível sim, ter um projeto luminotecnico apreciável usando lâmpadas de baixo consumo. Com um projeto bem elaborado conseguimos obter êxito tanto na estética, funcionalidade e baixo custo.

7) Em relação aos lustres, desde os luxuosos aos customizados, como utilizá-los nos ambientes? Como harmonizá-los? Em quais os ambientes eles são mais bem-vindos?

Geralmente, isso varia de um contexto para outro. Estilos, moveis, peças decorativas, cores dentre outros são importantes na hora de comprar um lustre. Sejam eles de cristal, ferro, vidro, madeira, clássicos, modernos ou contemporâneos. Mas tudo depende do espaço que esta sendo projetado.

7) Iluminação de jardim…

É prazeroso contemplar um jardim nas noites quentes de verão. Bem iluminado, é sempre um convite a um bom papo com a família e amigos.

Podemos obter uma iluminação especial colocando luzes próximas à parte inferior das plantas, o efeito dará mais vida às plantas, valorizando a característica singular de cada espécie. Desta forma, podemos espalhar diversos pontos pelo jardim. O tipo de luminárias, refletores e lâmpadas que serão usadas no projeto paisagístico é muito importante para a proposta do jardim. O resultado final varia de acordo com a potência, tamanho e cores das luzes ou peças. Esse tipo de decoração é propicio também para noites de festa. Para quem reside em uma casa com amplo jardim, investir em um projeto luminotécnico é fundamental, pois assim, o jardim terá mais vida e valorizara o espaço.